terça-feira, 15 de junho de 2010

Outras características

Segundo um artigo na revista Life, “os ursos-polares são os nadadores quadrúpedes mais resistentes do mundo”. Podem nadar por entre banquisas em extensas baías. Já que nem água nem cristais de gelo aderem ao seu pêlo oleoso, uma boa sacudida espirra uma nuvem de gotículas. Uma rolada na neve seca elimina o resto da umidade, e em alguns minutos a pelagem fica seca.

Só recentemente os cientistas aprenderam surpreendentes segredos da pelagem do urso-polar. Seu deslumbrante branco é o resultado de como a luz é absorvida e refletida por sua pelagem, o que também ajuda a mantê-lo aquecido.

Mas como é que eles se orientam na mutante paisagem marítima do Ártico, que apresenta poucos aspectos permanentes, se é que algum, que poderiam ajudá-los a se nortear? Segundo o livro Arctic Dreams (Sonhos do Ártico), o urso “deve ter um mapa na cabeça . . . A memória não é de nenhuma ajuda. Como os ursos criam e usam esses mapas é uma das mais intrigantes de todas as perguntas sobre eles”. Eles podem vaguear por semanas, sem se perder.

Embora os ursos-polares raramente ataquem seres humanos, os visitantes precisam respeitar sua grande força e agilidade. O mesmo livro disse: “Os ursos-polares são bastante acanhados e pacíficos, especialmente em comparação com os ursos grizzly.” No entanto, eles poderiam surpreendê-lo, porque suas patas peludas tornam seus passos quase silenciosos.

Nenhum comentário: