sexta-feira, 21 de maio de 2010

É importante considerar a disposição do animal?

“É preciso levar em conta a disposição do animal. Existe grande diferença, em potencial, entre um cão e outro, ainda que da mesma raça. Os pastores-alemães usados como cães-guias são cruzados, visando a sua disposição. Precisam ser cães mansos, cautelosos, cães que possam ser utilizados perto de muitas pessoas diferentes. O pastor-alemão que deva ser treinado como cão de ataque — suspeitoso, intrépido, agressivo — precisa ter uma disposição diferente. Um cão alertador deve situar-se no meio-termo — animado, mas não excitável demais, calmo e firme, mas não hesitante.

“Acho que também é desejável obter-se o cão quando ainda é pequenino, macho ou fêmea — esta é, muitas vezes, mais fácil de controlar. Deixe-o crescer junto da família. Ele então sente que a família pertence a ele. É a sua família, e, à medida que ele vai crescendo, ele se torna muito protetor dela. É também importante ministrar-lhe algum treinamento quanto a obedecer. Pelo menos ensine-lhe algumas das ordens básicas, tais como quieto, sente-se, ajoelhe-se, venha cá, e deite-se. Comece enquanto ele ainda é bem jovem, em torno das oito semanas de idade.Nessa idade, ele se mostra muitíssimo sensível ao que você deseja, e é totalmente dependente de você, sendo ansioso de ganhar sua aceitação e seus elogios.”

Nenhum comentário: