sábado, 22 de maio de 2010

Uma criatura intrigante e fascinante

Talvez nenhum animal tenha atiçado mais a imaginação do homem do que o leão. Há muito tempo, artistas africanos pintavam em rochas imagens de leões caçando. Palácios e templos antigos eram ornamentados com enormes estátuas de pedra representando leões jubados. Hoje, as pessoas vão aos zoológicos para ver esses felinos fascinantes. O leão tem recebido destaque em livros e filmes, como Born Free (no Brasil, A História de Elsa), o relato verídico sobre um filhote órfão de leão criado em cativeiro e por fim solto. E algumas histórias, meio fato, meio fantasia, o descrevem como um malévolo devorador de homens. Não admira que o leão seja uma criatura tão intrigante e fascinante.

O leão pode ser extremamente feroz e, às vezes, tão manso e brincalhão como um gatinho. Ele ronrona baixinho quando está contente, mas também pode rugir tão alto que chega a ser ouvido a oito quilômetros. Às vezes, parece preguiçoso e letárgico, mas pode-se mover a velocidades surpreendentes. Para o homem, o leão tornou-se símbolo de coragem e costuma-se dizer que quem é valente é corajoso como um leão.

Nenhum comentário: