sábado, 29 de maio de 2010

Parque ameaçado

Muitos problemas ligados à conservação da fauna são causados pelo homem. Devido ao chamado progresso, o Parque Nacional de Nairóbi pode logo acabar caindo no esquecimento. Nairóbi, a cidade que deu ao parque renome mundial, continua a se expandir, deixando um espaço cada vez menor para os animais. Ao passo que cada vez mais pessoas se estabelecem na área urbana, a demanda por espaço continua a aumentar, e os animais ficam cada vez mais restritos. Efluentes de fábricas próximas também ameaçam todas as formas de vida do parque.

Outro fator essencial para a sobrevivência do parque é a disponibilidade de uma rota migratória para alguns animais. Grande parte da reserva é cercada para impedir que animais entrem na cidade. Intensas atividades agrícolas e pecuárias estão estreitando cada vez mais a pequena área não-cercada na parte sul do parque. Se esse trecho for todo tomado por atividades humanas, os resultados poderão ser trágicos. Os animais que saem do parque em busca de pastagens talvez nunca mais consigam retornar. Para salvar a rota migratória, o Serviço de Proteção à Vida Selvagem do Quênia, a principal entidade de proteção da fauna do país, arrendou terras adjacentes ao parque. Apesar dos problemas, todo ano o Parque Nacional de Nairóbi continua a atrair milhares de visitantes que vêm apreciar os seus fascinantes contrastes.

Nenhum comentário: