terça-feira, 20 de abril de 2010

Criados para o benefício do homem

Deus criou os animais para beneficiar o homem. Alguns são úteis para o trabalho e outros servem como companheiros ou bichos de estimação. Os animais também revelam o amor e a sabedoria de Deus. Certamente é um prazer admirar a beleza dos animais. Além disso, observar sua incrível sabedoria instintiva nos ensina muito sobre o Criador. (Salmo 104:24; Provérbios 30:24-28; Romanos 1:20) Entre os muitos exemplos de tal sabedoria, podemos citar um do mundo dos insetos. É realmente notável como as abelhas se comunicam e seguem instruções para encontrar o néctar — isso sem falar na maneira incrível como constroem o complexo favo de mel.

Os animais também são úteis ao homem por fornecerem a carne. Originalmente, Deus proveu apenas vegetação para o consumo humano. Porém, mais de 1.600 anos depois, após o Dilúvio dos dias de Noé, Deus disse: “Todo animal movente que está vivo pode servir-vos de alimento. Como no caso da vegetação verde, deveras vos dou tudo.” (Gênesis 1:29; 9:3) Assim Deus fez a concessão de que os animais também servissem de alimento para o homem. Evidentemente, essa concessão foi para beneficiar o homem, embora de início Deus não tenha incluído a carne na sua dieta.

Nenhum comentário: