sexta-feira, 23 de abril de 2010

A linguagem corporal dos cães




O comportamento característico de um cão agressivo mostra que suas intenções não são amistosas. Ensine seu filho a reconhecer essa linguagem corporal dos cães, e você pode ajudá-lo a evitar situações perigosas.

● O cão agressivo tentará parecer maior. Talvez o pêlo na nuca fique eriçado. O animal pode rosnar ou latir com a cauda apontada para cima. Se ele abanar o rabo de forma rígida, rápida e agitada, isso não é sinal de amizade. Deve-se evitar um cão assim.

● Um cão com medo talvez se encolha, com a cabeça e as orelhas para baixo e a cauda para baixo ou entre as pernas. Se alguém se aproximar dele, o cão, estando com medo, poderá tornar-se agressivo. Não mexa com ele.

● Quando o cão está relaxado, mantém a cabeça numa posição nem muito alta, nem muito baixa, a boca aberta e a cauda um pouco abaixo da linha das costas, mas não caída. Se ele abanar a cauda, é sinal de amizade. Em geral não há problema em se fazer amizade com um cão assim.

(Adaptado do livro Childproofing Your Dog, de Brian Kilcommons e Sarah Wilson.)

Nenhum comentário: