quarta-feira, 21 de abril de 2010

O crocodilo-dos-pântanos e o gavial-de-focinho-comprido

Seu habitat fica exclusivamente no subcontinente indiano. O crocodilo-dos-pântanos é bem menor do que o crocodilo-poroso — tem cerca de quatro metros de comprimento. Vive nos pântanos de água doce, nos lagos e nos rios da Índia e alimenta-se de animais pequenos. Pega-os com as mandíbulas possantes e, depois de afogá-los, gira-os várias vezes torcendo a carne até despedaçá-la, facilitando a ingestão.

Como o macho encontra uma parceira para o acasalamento? Ele bate as mandíbulas na água e brame. Depois ele e a fêmea dividem os deveres de proteger o ninho, ajudar os filhotes a sair do ovo e cuidar deles por um tempo.

O raro gavial, que não é realmente um crocodilo, tem muitas características extraordinárias. Ele se destaca pelas mandíbulas muito compridas e estreitas, ideais para pegar peixes — seu alimento principal. Tem o comprimento do crocodilo-poroso, mas não costuma atacar os humanos. Seu corpo liso e hidrodinâmico torna possível que deslize rapidamente em correntezas de rios profundos do norte da Índia. Durante o período de reprodução, cresce um calombo na ponta do focinho do gavial macho, intensificando o som normal de sopro para um zumbido alto que atrai as fêmeas.

Nenhum comentário: