quarta-feira, 21 de abril de 2010

Salvos pela cobra

Duas famílias no povoado de Sastur, na Índia, têm motivos de ser gratas à naja. Foram acordadas por volta das 3h50 da madrugada, em 30 de setembro de 1993, pelo silvo de uma naja que rastejava para fora da casa. Eles foram atrás dela nos campos para matá-la. Às 4 horas da madrugada, o terrível terremoto ocorrido na Índia central arrasou o povoado, matando quase todos os seus habitantes. As duas famílias sobreviveram — graças ao sistema de alarme da naja!

Nenhum comentário: