terça-feira, 20 de abril de 2010

Fatores importantes a considerar

Ter um animal de estimação, principalmente para quem mora na cidade, é algo que requer muita ponderação. Animais ativos precisam de exercícios diários. Uma pesquisa sobre animais de estimação na sociedade australiana declarou: “Passeios e exercícios são fundamentais para o condicionamento físico e estímulo mental do cão. Cães que não se exercitam o suficiente podem se tornar difíceis de controlar.” Contudo, depois de um dia árduo de trabalho, muitos donos estão cansados demais para levar o cão para passear e liberar a energia acumulada.

Assim, quem pensa em adquirir um animal de estimação deve fazer a si mesmo as seguintes perguntas: ‘Conseguirei dar a devida atenção ao animal? Será que o meu estilo de vida fará com que ele fique sozinho a maior parte do dia? Terei tempo para levar o animal para passear ou para brincar com ele? Se o cão precisar de treinamento, estou disposto a prover isso ou então a levá-lo a um treinador? Será que ter um bicho de estimação tomará tempo de outras atividades mais importantes?’

Outro fator a considerar é que manter um animal pode ser dispendioso. Segundo uma pesquisa feita com donos de animais de estimação nos Estados Unidos, um cão representava uma despesa anual de 196 dólares e um gato, de 104 dólares. Isso, é claro, sem incluir a ração e outras despesas diárias. E também em algumas comunidades é preciso pagar uma taxa para registrar os animais de estimação.

Nenhum comentário: