sexta-feira, 23 de abril de 2010

Ensinar comandos simples

Para ensinar comandos básicos ao seu cão, você precisará de uma coleira, uma guia e bastante paciência. Um manual de adestramento recomenda: (1) dê comandos simples de apenas uma palavra, (2) demonstre a ação desejada e (3) elogie-o assim que obedecer ao comando. O seu tom de voz é mais importante do que as palavras que usa. O comando deve ser dado num tom firme e, o elogio, num tom alegre e afetuoso.

Não há necessidade de puni-lo com palmadas ou chutes. “Eu simplesmente digo ‘Não!’ num tom bem forte, e acentuo as vogais, para que ele saiba que não estou contente com a atitude dele”, disse Marcos, o adestrador já citado. Ele diz ainda: “O cão é inteligente para distinguir quando você o recompensa ou repreende.”

Se achar que é preciso uma medida mais drástica, agarre a pele atrás do pescoço e sacuda-o levemente, dizendo “Não!”. Repreensões devem ser dadas durante ou imediatamente após o comportamento errado. Se a repreensão for dada minutos ou horas depois da ação errada, ele não entenderá o porquê da censura. Também não compreenderá por que em certas ocasiões determinada ação é aceitável e em outras não. Procure ser coerente.

O primeiro comando a ser ensinado ao cão é “Senta!”. Uma vez que ele conheça esse comando, você poderá controlá-lo quando ficar muito agitado. Uma dessas ocasiões é quando ele fica pulando nas visitas. Você terá de apenas dar o comando de “Senta!” e ele vai parar. Para ensiná-lo a sentar, coloque a guia nele e dê o comando enquanto pressiona de leve a traseira, e com a guia levante suavemente a cabeça dele. Elogie-o de imediato. Repita esses passos até o cão obedecer sem induzimento.

Para ensinar o cão a ficar sentado, use o comando “Fica!” e estique um dos braços em direção a ele com a palma da mão virada para cima. Se ele se mexer, diga “Não!” e coloque-o de volta na posição sentada. Repita o comando e elogie-o por ficar sentado por alguns minutos. Aos poucos, à medida que ele obedecer, aumente o tempo e depois a distância entre vocês.

A melhor maneira de treinar o cão a vir até você é usando uma guia comprida e dando uma puxada de leve enquanto o chama pelo nome e lhe dá o comando “Aqui!”. Dê uns passos para trás à medida que ele se aproxima, e continue elogiando-o. Logo ele atenderá ao seu chamado sem ser coagido pela guia. Se ele se soltar e não atender ao seu comando “Aqui!”, chame-o e corra na direção contrária. Muitas vezes o cão se põe a correr atrás por instinto.

Uma palavra de cautela: nunca use a palavra “Aqui!” para uma coisa negativa, como para dar uma repreensão. Seu cão deve aprender que atender ao comando “Aqui!” trará resultados agradáveis, seja elogios seja guloseimas. Se você perder a paciência enquanto ensina esse comando, o cão aprenderá que atender a esse chamado é desagradável e não virá.

Você pode também ensinar seu cão a andar do seu lado, sem adiantar-se puxando a guia, nem ficando para trás. Para isso use uma coleira de corrente para treinamento e uma guia curta. Com o cão à sua esquerda, dê o comando “Junto!” e dê um passo com o pé esquerdo. Se ele tentar se adiantar ou ficar para trás, dê uma puxada na guia e repita o comando. Elogie-o ao obedecer.

Como ensinar seu cão a não pular em você? Um dos métodos é ir para trás enquanto dá o comando “Não !” seguido de “Senta!”. Outra maneira é pegar as patas dianteiras, uma em cada mão, e repetir o comando “Não!”. Elogie-o ao obedecer.

Nenhum comentário: